terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Ô bruxinha bonitinha Da vassoura de capim


BRUXINHA


Ô bruxinha bonitinha Da vassoura de capim
Me carrega pros espaçosAbra os braços só pra mim.
Quem disse que as bruxas sao feias
Alcéias, maméias e tal
Não sabem que nas luas cheias
elas mudam o seu visual
E vestem camisas e meias
Que acham lá no meu varal
E depois cantam como as sereias
Fazem festa, alegria geral
Nós dois lá em cima sozinhos
Varrendo as estrelas do céu
Cá embaixo nossos amiguinhos
Fazendo o maior escarcéu
Os pássaros deixam seus ninhos
As abelhas dão um tempo no mel
E assim cantam todos bichinhos
Viva a bruxa de capa e chapéu

(Marcílio Lisboa / Silvio Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário