terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Chapeuzinho Vermelho





Bem vindos, ó minha gente

Uma história eu vou contar

Da Chapeuzinho Vermelho

Que os doces foi levar

Preste muita atenção

Para não se assustar.



Uns docinhos bem gostosos

A mamãe lhe preparou

Colocando na cestinha

A mamãe lhe avisou

Mas não vá pela floresta

Mas ela não escutou.



Pela floresta ela foi

E encontrou o lobo então

E o lobo disfarçou

Que era um anjo guardião

Atrasando a menina

Se mostrou espertalhão.



A menina atrasada

Na casa da vó chegou

Na porta ela bateu

Mas ninguém de lá falou

Chapeuzinho preocupada

Na casa então entrou.



Quando a vó ela viu

Foi difícil de entender

Nossa vó que olhos grandes

É para melhor te ver

E essa boca enorme

É a que vai te comer



E o lobo a boca abriu

Para menina engolir

E um salto ele deu

Para ela não fugir

Foi quando o lobo disse

Não adianta você ir.



Para sorte da menina

Aparece um caçador

Corajoso ele disse

Vou acabar sua dor

Chapeuzinho alegremente

Sorriu como uma flor.



O valente caçador

Com a faca empunhada

Abriu a barriga dele

Tirou a vovó amada

Que saiu de lá sorrindo

E todinha amassada.



E assim aqui termina

Um conto com alegria

Do lobo que se deu mal

Com tanta estripulia

Um abraço pra vocês

Adeus até outro dia.



Autoras:

Regina Nardi

Maria Angélica Zanata

Angela Nascimento

Cássia Tedde

Cláudia Galvão

Lu Mani peresmanilu@ig.com.br

FONTE: http://www.teatrodecordel.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário